FANDOM



Carmen "Chico" Guerra (prisioneiro 96G522) é um personagem de Oz interpretado por Otto Sanchez.

BiografiaEditar

Prisioneiro 96G522, Carmen "Chico" Guerra. Condenado em 4 de junho de 1996 por homicídio qualificado. Pena de 53 anos com direito a condicional em 17.

Segunda temporadaEditar

Em Oz de 1996, Guerra se tornou membro de El Norte Em 1998, Guerra se envolveu em uma briga contra um motoqueiro no ginásio, ameaçando assassinar o oponente até ser contido por Miguel Alvarez. Guerra passou a seguir o novo líder do grupo, Raoul "El Cid" Hernandez.

Terceira temporadaEditar

Guerra foi um dos presos influentes procurados por Kareem Said para proteger Augustus Hill de Kenny Wangler e Malcolm Coyle. O líder italiano Antonio Nappa arranjou o assassinato de Coyle.

Logo depois, El Norte iniciou uma disputa com Ryan O'Reily pela venda de heroína em Emerald City. Hernandez, Guerra e Carlo Ricardo retiraram as drogas de O'Reily, que alertou os guardas de Oz. Recusando-se a confirmar a origem das drogas, Hernandez, Guerra e Ricardo foram mandados para a solitária. Alvarez percebeu o movimento de O'Reily e fugiu, abandonado seus companheiros.

Ao retornar da solitária, Hernandez expulsou Alvarez de El Norte, enquanto Guerra e Ricardo tentaram assassinar o ex-companheiro. Durante a briga, Alvarez matou Carlo Ricardo.

Quarta temporada, parte 1Editar

Como vingança pela traição e assassinato de Ricardo, Guerra deu a Carlos Martinez a missão de assassinar Alvarez no hospital, lhe dando uma faca. No entanto, antes do ataque, Alvarez fugiu de Oz com Agamemnon Busmalis. Após a morte de Hernandez, Guerra passou a seguir o novo líder latino Enrique Morales.

Quarta temporada, parte 2Editar

Com a recaptura de Alvarez, Guerra tentou convencer Omar White a envenenar seu desafeto. White, no entanto, durante a discussão, esfaqueou Guerra, que foi mandado para o hospital. Recuperado, Guerra, com Morales, começou uma briga com Jia Kenmin no ginásio.

Como vingança contra White, Guerra denunciou a Tim McManus que o prisioneiro ainda usava drogas. White foi flagrado com drogas, assim como o próprio Guerra.

Quinta temporadaEditar

Com a limpeza dos dutos de ventilação da solitária, Alvarez retornou a City. Guerra o confrontou nos chuveiros, o ameaçando pelas mortes de Carlo Ricardo e Jorge Vasquez. Flagrando a disputado, Sean Murphy mandou Guerra para a jaula. Após uma nova briga, Alvarez foi aconselhado por Bob Rebadow e decidiu permitir que Guerra o esfaqueasse em um local não-letal para encerrar a disputa. Morales aconselhou Guerra a ir contra seus planos e não matar Alvarez. Mesmo assim, Guerra tentou esfaquear Alvarez no coração para matá-lo. Alvarez sobreviveu.

Prometendo não retaliar contra o ataque e com Morales garantindo que Chico não voltaria a atacar Alvarez, o latino aceitou a proposta de Jaime Velez de tê-lo como mentor e encomendou a morte de Guerra. Velez tentou assassinar Guerra nos chuveiros, mas Chico conseguiu lutar e o matar. Guerra também voltou a confrontar Omar White, que usou os ensinamentos de Kareem Said para evitar um confronto.

Após Augustus Hill sofrer uma overdose ao usar drogas do Poeta, Burr Redding passou a caçar o dono das drogas. Para se livrar da culpa, o Poeta mentiu a Guerra que Burr desconfiava dele como causador da overdose de Hill. Eles decidiram obrigar Busmalis a mentir para Redding, dizendo que o italiano Salvatore DeSanto havia dado as drogas a Augustus. Eventualmente, Burr encomendou ao Poeta a morte de DeSanto.

A farsa foi logo descoberta por Redding. Assim, Poeta forçou Busmalis a mentir que apenas Guerra o havia forçado a mentir. A disputa fez com que Redding e Morales entrassem em guerra.

Sexta temporadaEditar

Uma disputa antiga voltou a tona quando Jose Torres tentou assassinar Guerra. Sob as ordens de McManus, Guerra e Alvarez retomaram uma amizade, cansando de anos de briga. Tempo depois, Guerra foi incumbido por Morales de matar Carlos Martinez, que poderia incriminar Morales no ataque contra Dave Brass. Guerra não matou Martinez após este, fraco e doente, prometer não incriminar Morales. Martinez faleceu logo depois, sendo morto pela enfermeira Carol Grace.

Após a morte de Morales também pelas mãos de Grace, Guerra ofereceu a Alvarez a liderança de El Norte, mas ele recusou. Pouco depois, Guerra sofreu uma overdose de Destiny. Também, foi revelado que Chico havia sido um dos prisioneiros que transou com Claire Howell, podendo potencialmente ser o pai de seu filho.

ApariçõesEditar

Chico Guerra apareceu em 39 episódios de Oz.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.